A entrega de uma obra passa por diversos fatores, entre eles temos o cronograma de execução de obra. Estamos falando de um passo fundamental para que ela seja executada de forma assertiva.

Deste modo, por meio do cronograma de execução de obra, os responsáveis podem determinar uma série de fatores. O prazo para a execução de atividades e quais os materiais e equipamentos serão utilizados são somente alguns deles.

Além disso, este documento também é o responsável por definir o número de profissionais envolvidos na obra. Fato que garante a sua entrega dentro do prazo que foi estipulado no planejamento.

No entanto, não são todos os gestores que enxergam a importância por trás do cronograma de execução de obra. Com isso, eles acabam ignorando esta etapa ou não levando em consideração aspectos de suma importância.

Desta forma, uma obra pode acabar convivendo com alguns problemas, como a falta de materiais e equipamentos. O resultado se apresenta como atrasos e o aumento dos custos de uma obra.

Sendo assim, o que você acha de compreender a importância por trás deste cronograma? Continue acompanhando este artigo e descubra tudo o que você precisa saber!

Leia também o nosso conteúdo sobre o assunto Processos trabalhistas: Como evitá-los na construção civil?

Quais os passos para elaborar um cronograma de execução de obra?

Elaborar um cronograma de execução de obra é um processo que passa por uma série de fatores. O que demanda um maior conhecimento dos responsáveis por trás de um projeto.

Deste modo, é de extrema importância compreender os passos por trás do cronograma de execução de uma obra. O que você acha de descobrir quais são?

Sendo assim, confira conosco quais são as etapas para que seja possível elaborar um cronograma assertivo. Acompanhe agora mesmo e tire todas as suas dúvidas sobre este assunto.

Além disso, confira também o nosso artigo sobre as 3 dicas para garantir a segurança dos funcionários em uma obra.

1. Liste todas as atividades

O primeiro passo para um cronograma de execução de obra é elaborar uma lista contendo todas as tarefas que devem ser realizadas.

Deste modo, o que também pode ser chamado de Estrutura Analítica de Projeto (EAP), este documento permite o registro de diversos dados. Um dos exemplos é o direcionamento de uma equipe para determinadas atividades.

Sendo assim, este documento pode ser elaborado de diferentes maneiras, como por meio da divisão de etapas. Confira um exemplo:

  • Revestimentos;
  • Esquadrias;
  • Vedações;
  • Estrutura;
  • Fundação;
  • Limpeza do terreno;
  • Entre outros.

Portanto, após determinar todos os passos, você pode fazer a divisão por meio de conjuntos de trabalho.

Acompanhe também o nosso artigo sobre o assunto NR 18: O que é e qual a sua importância na construção civil.

2. Duração de cada etapa

O segundo passo para a elaboração de um cronograma de execução de obra é a definição do tempo de cada etapa.

Ou seja, cada procedimento dentro de uma obra deve ter uma duração de tempo que esteja bem definida.

Deste modo, o foco é evitar o acontecimento de alguns erros comuns, como:

  • Definição de um tempo menor do que o necessário;
  • Demorar mais tempo que o que foi estabelecido.

No entanto, como os responsáveis por trás de uma obra podem definir o prazo para a duração de cada etapa?

Uma das melhores formas é tomando como base obras semelhantes, entre outros fatores como a produtividade dos profissionais.

Além disso, acompanhe também o nosso artigo sobre Gerenciamento de insumos na construção civil: como fazer?

3. Sequência de atividades

Uma outra etapa é compreender que a execução de uma obra se apresenta como um processo contínuo.

Desse modo, um dos principais objetivos do cronograma de execução de obra é relacionar todas as atividades. Afinal de contas, para passar para uma etapa, deve-se concluir a anterior.

Sendo assim, a fim de garantir que o projeto seja entregue dentro do prazo, é necessário que alguns procedimentos sejam realizados de forma simultânea.

Portanto, o cronograma para a execução de uma obra tem como responsabilidade apontar as funções que podem ser executadas.

Leia também o nosso artigo sobre o assunto Qual o papel do Alvará de Construção dentro de uma obra?

4. Mensure os resultados

A última etapa do cronograma de execução de obra é a avaliação dos resultados. O que não necessariamente acontece depois da sua conclusão.

Ou seja, é possível mensurar uma obra enquanto ela está sendo realizada. O acompanhamento deve ser, inclusive, diário.

Sendo assim, os responsáveis conseguem analisar qual o status de um projeto. Isso é, se ele se encontra atrasado ou adiantado.

Portanto, a nossa conclusão é de que o cronograma de execução de obra é uma etapa fundamental na construção civil. Não ignore esta etapa!

O que achou do nosso conteúdo? Estamos sempre buscando entregar um conteúdo de valor para você!

Desta maneira, saiba que você pode contar com a Brasloc! Por meio dos nossos serviços de aluguel de equipamentos e montagem de andaimes, podemos contribuir com o sucesso da sua obra!

Não se esqueça de acessar o nosso blog e acompanhar outros conteúdos como este que você acabou de ler!